gallery/banner5

Minha história com o Bumerangue

Meu primeiro contato com o bumerangue foi aos 10 anos de idade, há aproximadamente 44 anos (1974), quando morava em Joinville, SC.

Alguns amigos e eu vimos em uma revista americana um artigo que ensinava como fazer um bumerangue. Movido pela curiosidade, fui até a marcenaria de um primo de minha mãe e pedi um pedaço de compensado. Em sendo uma marcenaria que fabricava móveis, não foi difícil encontrar o pedaço ideal. Como meu avô era carpinteiro da RFFSA (Rede Ferroviária Federal SA) e construía os vagões em madeira, tinha em casa todo o ferramental necessário para fazer meu primeiro bumerangue. E assim foi. O modelo era bem fácil de fazer, um "cotovelo" de 90º, com asas retas e paralelas e leve arredondamento na ponta das asas. Usando serrote, grosa e até caco de vidro (para dar acabamento), consegui fazer aquele objeto que desde cedo já me fascinava. O mais interessante: mesmo sem entender o que estava escrito e só olhando as figuras, o bumerangue ficou como o esperado e, principalmente, funcionou perfeitamente!

Após estas primeiras experiências, deixei  de lado e lá pelos 22 anos de idade (1986), quando já fabricava pranchas de surf, confeccionei novamente, porém em fibra de vidro. Certa época, meu chefe e dono da fábrica de pranchas Oceano, viajou para a Oceania e em visita à Austrália trouxe para mim um bumerangue, porém de plástico injetado, com uma espécie de apito na ponta de uma das asas. E funcionava muito bem! Lembro bem o nome "Bananarang"!
Era amarelo com uma ponta escura, imitando uma banana! Eu andava de skate nesta época e levava o Bananarang em meus treinos e entre uma e outra sessão no Half Pipe, ficava jogando o Bananarang por trás da rampa, fazendo-o voltar pelo meio do Half Pipe!

Nova pausa e então, novo contato com o bumerangue e desta vez para "enraizar" no esporte.
Em 2000, em férias na cidade de Garopaba, SC, vi em uma feira de artesanato vários bumerangues e comprei um deles feito numa espécie de madeira. Como tinha todo o equipamento e maquinário para confecção, logo fui atrás daquela "madeira", que hoje é amplamente utilizada na indústria moveleira, o MDF. Esta "madeira" à época era muito cara. Desde então nunca mais parei de confeccionar e criar novos modelos, alguns muito conhecidos e utilizar matéria prima das mais variadas, tipo: madeira compensada, fibra de vidro, fibra de carbono, kevlar, psai, pp, PVCe, PVC, fenolite, celeron, fenolite carbonado, PET, PETG, etc... Hoje produzo as minhas próprias chapas de compensado de alta resistência e de grande beleza.

Como surgiu a SempreVolta

Em janeiro de 2002, já tendo um vasto conhecimento sobre o esporte, principalmente pelo fato de já existir a internet e esta ser um gigante banco de dados, foi criada a Mr BOOMY e logo confeccionada a página na internet com  várias informações pertinentes ao esporte, resultado de muita pesquisa, estudo e troca de informações.

Aqui cabe deixar um especial agradecimento à Ricardo Bruni Marx bume.com.br, um dos maiores incentivadores e divulgadores do esporte no Brasil, que acreditou no meu trabalho e deu um grande impulso para que meus bumerangues se tornassem conhecidos não só no Brasil como também no exterior. Muito obrigado!

Em 2006 foram registrados os domínios www.semprevolta.com e www.semprevolta.com.br e então a denominação passou a ser SEMPREVOLTA BUMERANGUES.

A SEMPREVOLTA BUMERANGUES utiliza as melhores tintas e vernizes para o acabamento final dos bumerangues, deixando-os com excelente padrão de qualidade.

Através de encontros de bumeranguistas, listas de discussões, fóruns, etc..., a SEMPREVOLTA BUMERANGUES vem procurando cada vez mais estar atualizada para que possa desenvolver modelos modernos e de aceitação entre os praticantes deste esporte que a todos fascina. Também as participações em Campeonatos Nacionais e Internacionais contribuem para a obtenção de melhor qualidade e funcionalidade dos bumerangues.

Curriculum do Shaper/Designer/Atleta Jerri Leu

Campeonato Panamericano de Bumerangue - Itú/SP
- Vice campeão Geral por equipe
(Skywalkers Boomerang Team: Ricardo Bruni Marx, Sandro Freitas, Cesar "Cesinha" e Jerri Leu)
- Campeão por equipe na modalidade Fast Catch

1º Campeonato Brasileiro de Bumerangue 2005 - São Paulo/SP
- 4º Colocado na modalidade Trick Catch
- 5º Colocado na modalidade Enduro
- 10º Colocado na classificação Geral.

2º Campeonato Brasileiro de Bumerangue 2006 - Cotia/SP
- Campeão na Modalidade Precisão
- Campeão na Modalidade Fast Catch - Quebra de Recorde
- Vice-campeão na Modalidade Trick Catch
- Campeão Geral (Overall)

1º Campeonato Brasileiro de LD - Longa Distância 2006 - Cotia/SP
- Campeão com 107 metros
- Membro do 100 Meters Club - Clube dos bumeranguistas que arremessam acima dos 100 metros (http://www.baggressive.com/ )
(nesta época havia somente dois membros brasileiros: Ricardo Bruni Marx e Jerri Leu)

1º Campeonato Brasileiro de Bumerangue Indoor 2007 - São Paulo/SP
- Campeão na Modalidade MTA
- 3º colocado em dupla (Felipe dos Anjos e Jerri Leu)

3º Campeonato Brasileiro de Bumerangue 2007 - Franca/SP
- Campeão na Modalidade MTA - Quebra de Recorde
- 3º Colocado na modalidade Fast Catch
- 4º Colocado na classificação Geral.

WBC 2008 - Campeonato Mundial de Bumerangue 2008 - Seattle - WA/USA
- 14º Colocado por equipe
(The Others Boomerang Team: Ollie Snook, Roberto Cereser, Ricardo Bruni Marx e Jerri Leu)

4º Campeonato Brasileiro de Bumerangue 2008 - Balneário Camboriú - SC
- Diretor do evento
- 2º Colocado na modalidade Trick Catch - Quebra de Recorde
- 11º Colocado na classificação Geral.

5º Campeonato Brasileiro de Bumerangue 2009 - Franca/SP
- 4º Colocado na modalidade MTA
- 5º Colocado na modalidade Enduro
- 7º Colocado na classificação Geral. 

6º Campeonato Brasileiro de Bumerangue 2010 - Itú/SP
- 6º Colocado na modalidade Precisão
- 7º Colocado na modalidade MTA
- 8º Colocado na classificação Geral.  

WBC 2010 - Campeonato Mundial de Bumerangue 2010 - Roma/Itália
- 14º Colocado por equipe
(Skywalkers Boomerang Team: Ricardo Bruni Marx, Giossér Braga, André Caixeta Ribeiro e Jerri Leu)

Campeonato Mundial de LD - Longa Distância - 2010  - Roma/Itália
- 9º colocado na classificação geral

7º Campeonato Brasileiro de Bumerangue 2011 - Itú/SP
- 2º Colocado na modalidade Aussie Round
- 2º Colocado na modalidade Fast Catch
- 9º Colocado na classificação Geral.  

8º Campeonato Brasileiro de Bumerangue 2012 - Itú/SP
- 3º Colocado na modalidade Aussie Round
- 5º Colocado na modalidade Fast Catch
- 5º Colocado na classificação Geral.    

WBC 2012 - Campeonato Mundial de Bumerangue 2012 - Itú - SP/Brasil
- 13º Colocado por equipe
(Skywalkers Boomerang Team: Ricardo Bruni Marx, Giossér Braga, Robson de Oliveira, Luiz Otoboni, Cesar H. Neto e Jerri Leu) 

Campeonato Mundial de LD - Longa Distância - 2012 - Itú - SP/Brasil
- 8º colocado na classificação geral - 100 metros

9º Campeonato Brasileiro de Bumerangue 2013 - Franca/SP
- 3º Colocado na modalidade Aussie Round
- 3º Colocado na modalidade Fast Catch
- 3º Colocado na modalidade Trick Catch
- 4º Colocado na classificação Geral. 

10º Campeonato Brasileiro de Bumerangue 2014 - Ilha Comprida/SP
- 2º Colocado na modalidade Precisão
- 7º Colocado na modalidade MTA
- 4º Colocado na modalidade Enduro
- 6º Colocado na classificação Geral. 

 

11º Campeonato Brasileiro de Bumerangue 2015 - Balneário Camboriú/SC

- Diretor do evento (organização Jerri Leu e Giossér Braga)
- 3º Colocado na modalidade Fast Catch
- 8º Colocado na modalidade MTA

- 8º Colocado na modalidade Precisão
- 5º Colocado na modalidade Enduro
- 6º Colocado na classificação Geral. 

 

WBC 2016 - Campeonato Mundial de Bumerangue 2016 - Kiel / Alemanha
- 3º Colocado na modalidade Fast Catch

 

13º Campeonato Brasileiro de Bumerangue 2017 - Itú/SP

- 5º Colocado na modalidade Precisão
- 3º Colocado na modalidade Trick Catch

 

Recordes
- Recordista Brasileiro de Fast Catch - 23.53 seg (2006)
- Atual recordista Brasileiro na modalidade MTA 3 de 5 - 135.50 seg (2007)

- Recordista na modalidade Trick Catch (2008)
- Atual recordista Brasileiro na modalidade MTA Indoor - 40,47 seg (2009)